MEU LIVRO - EDITORA CORPOS - PORTUGAL

sábado, 8 de maio de 2010

A IMAGINAÇÃO TAMBÉM É MÃE



A Imaginação também é Mãe



A Imaginação sempre quis ser Mãe.

Queria experimentar essa sensação

que todas as mães diziam

ser a melhor coisa que existia.

Precisou esperar muito.

Até que chegou o seu dia.

Nascia a primeira filha da Imaginação

e ela então se enternecia,

vendo que a sua pequena Imaginação crescia

e a todos surpreendia

com as perguntas que fazia:

- Mamãe,dizia ela,

quanto vou ter um irmão?

E a Mamãe Imaginação suspirava

e se indagava se isto algum dia

aconteceria ou seria só um sonho,

que ela guardaria.

Mas um dia,quando Mamãe Imaginação

não mais esperava,

nasceu um lindo menino,

para brincar de faz de conta

com a pequenina Imaginação.

E os dois brincavam e imaginavam

que um dia também

eles passariam pela mesma situação:

Seria o começo de uma nova geração.

Mas Mamãe Imaginação disse a eles

que netos por enquanto ela não queria não.

Só na Imaginação!



Débora Benvenuti



Postar um comentário