MEU LIVRO - EDITORA CORPOS - PORTUGAL

segunda-feira, 14 de junho de 2010

A FONTE E A FLOR



A Fonte e a Flor

 


Uma Flor,

sentindo que já não era mais tão bela,

com a aproximação do outono,

chorava sentindo dor.

A Fonte que por ali passava,

com pena da Flor,

a irrigava com todo o amor.

- Sente-se melhor, amiga Flor?

- Sinto um imenso desejo

de continuar sendo bela,

choramingou a Flor a sua amiga Fonte,

que a escutava, muita atenta.

- Pois eu lamento não poder ajudá-la,

disse a Fonte, já consternada

com a tristeza da Flor.

- Eu só queria ainda ser bela,

mas o outono queima todas as minhas pétalas

e quando for novamente primavera,

não serei mais como eu era...

E a Fonte teve então uma inspiração:

Convidou a flor a mudar de estação,

jogar suas pétalas na Fonte

e assim seguir em nova direção,

onde pudesse novamente se recompor.

A Flor pensando na idéia

que a Fonte lhe dera,

arrancou todas as pétalas,

e a Fonte as carregou para longe

daquela estação.

A Flor durante o percurso,

foi se afastando das suas pétalas

e quando tentou reencontrá-las,

percebeu que já não era

mais assim tão bela,

como era na primavera.

E mesmo em outra estação,

suas pétalas murcharam

e acabaram nuas no chão.


Postar um comentário