MEU LIVRO - EDITORA CORPOS - PORTUGAL

domingo, 11 de abril de 2010


Coração Egípcio





Um Coração adormeceu

e quando acordou ,

percebeu

que estava num lugar estranho,

que não era o seu.

Atravessara o oceano

e todo o Mar Egeu.

Se encontrava agora,

nas areias escaldantes,

de uma terra distante,

cheia de mistérios,

onde o que havia,

era a magia,

que o envolvia.

Que lugar estranho,

observou o coração,

no momento em que acordou.

Estava num museu,

ou era tudo um sonho seu?

Ao seu lado percebeu,

que havia um sarcófago

e pulsando dentro dele,

um coração que lhe falava

palavras de amor,

o que muito o surpreendeu.

Parecia que o conhecia

e ele mesmo sentiu,

uma forte emoção,

que fez bater mais forte

o seu coração.

Aquela voz

vinha de muito longe

e o coração reconheceu,

como sendo de um Amor

que o tempo não esqueceu.

Sentiu uma grande euforia

que o envolvia

e o fazia transportar

para um mundo que ele conhecia,

pois quem lhe falava de Amor,

era Tutankamon.

Então o Coração entendeu,

que o seu coração era de Nefertite,

e ele então se aquietou

e se deixou conduzir

por aqueles corredores

que tantas vezes percorrera

e nos braços do seu Amor,

novamente adormeceu.

Viveu novamente as emoções

que já vivera tantas vezes,

ao lado desse Amor,

que novamente era Seu.



Débora Benvenuti
Postar um comentário