MEU LIVRO - EDITORA CORPOS - PORTUGAL

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

O Travesseiro e a Travessia





  Certa vez um Travesseiro 
 de tanto sonhar com o Amor
resolveu fazer uma travessia, 
carregando um sonho, na maré fria. 
Decidiu seguir o vento,
ouvindo o lamento do mar,
numa noite em que só se ouvia
o murmurar das ondas
e o canto da sereia na lua cheia.
- Para onde me levas,
perguntou o Travesseiro,
às ondas que se erguiam
além do mar.
- Viajo por todos os mares
e trago comigo,
além das mensagens 
toda a bagagem
de quem só sabe amar.
E você, por que carregas,
com tanto esmero, 
esses poemas, 
amigo Travesseiro?
- Levo comigo todos os sonhos
que um amigo tão distraído 
deixou-me carregar. 
São poemas lindos 
que preciso entregar, 
antes que esse sonho 
possa acabar. 
E o Travesseiro, todo faceiro, 
os poemas carregou com ele 
e os entregou a quem dizia amar. 
- E o que contém os poemas? 
Perguntou o mar ao amigo Travesseiro. 
- Só contém os desejos 
de um coração aventureiro
que vive somente para amar...
E a travessia o Travesseiro 
acabou por realizar,
o poema foi entregar, 
antes que o sonho pudesse acabar 
e esses versos o mar pudesse apagar... 

Débora Benvenuti
Postar um comentário