MEU LIVRO - EDITORA CORPOS - PORTUGAL

sábado, 24 de abril de 2010

A Nuvem e o Amor






A Nuvem e o Amor




 

Uma Nuvem vivia no céu a sonhar.

Queria muito um amor encontrar,

mas não sabia como fazer,

para chamar a atenção do Amor

e fazer ele por ela se apaixonar.

Sentiu a presença do Vento

e lembrou-se que poderia com ele contar,

para o seu sonho realizar.

- Amigo Vento,

disse a nuvem a sonhar,

preciso muito que me ajudes

a um sonho realizar:

Quero muito um Amor encontrar.

O Vento escutou aquele lamento

e resolveu a Nuvem ajudar.

Soprou forte, por um momento,

até ver a Nuvem em um coração

se transformar.

A Nuvem ficou tão contente,

suspirou profundamente,

quando viu o Amor para ela olhar.

Sentiu imediatamente,

que poderia pelo Amor se apaixonar.

E ele aquela linda Nuvem se pôs a admirar.

A Nuvem preferiu nada falar,

sobre a sua condição momentânea.

Amou o Amor com todo o ardor

que havia em seu coração.

E o Amor amou aquela Nuvem,

como jamais julgara amar.

Foram momentos tão felizes,

que o Amor se sentiu nas nuvens.

Adormeceu aconchegado

aquele colo tão macio e aveludado .

Quando acordou, percebeu que a Nuvem

não estava mais ao seu lado.

A Nuvem chorava amargurada,

porque pensou que o Amor a tivesse

abandonado,

mas o Vento que por ali passava,

já a havia transformado

e muito longe dali a transportara.

O Amor a procurou por todo o lado,

mas nunca mais encontrou a Nuvem

por quem havia se apaixonado...

E a Nuvem até hoje,

continua no céu vagando,

em noites enluaradas,

procurando por esse Amor

que a deixou tão arrasada...


 

Débora Benvenuti





Nota: Veja o poema em vídeo .

Postar um comentário