MEU LIVRO - EDITORA CORPOS - PORTUGAL

sexta-feira, 21 de maio de 2010

MEU CORAÇÃO NÃO ESTÁ AQUI




Meu coração não está Aqui



A Imaginação acordou de repente
e percebeu que alguma coisa estava diferente.
Levantou-se rapidamente,
com uma estranha sensação.
Colocou os chinelinhos
que ficavam sempre ao lado da cama
e sem se vestir adequadamente,
saiu a procura do seu coração,
que havia desaparecido misteriosamente.
Pensou por alguns instantes
por onde poderia estar
esse seu coração ambulante.
Não era a primeira vez que isso acontecia
e ela não entendia
por que isso a deprimia tanto.
Correr em busca de um coração falante
era algo desgastante.
E se o coração falasse bastante?
Contasse tudo o que não poderia
ser dito num instante?
Haviam segredos guardados,
que não poderiam ser revelados.
Esse coração já sofrera tanto,
que nada mais o faria
desistir do seu intento.
Saíra com certeza a procura
de outro coração que o entendia sempre.
E a Imaginação se pôs a correr,
cada vez mais rápido,
antes que seu coração se distanciasse
e contasse os seus segredos.
Mas foi tudo em vão.
O pobre coração já havia feito
a sua declaração:
Confessou que não viveria mais
se não se entregasse
a esse amor que corroia seu coração.

 
Débora Benvenuti


Postar um comentário