MEU LIVRO - EDITORA CORPOS - PORTUGAL

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

As Quatro Estações

  



As Quatro Estações
  
  
As quatro estações
queriam se encontrar,
mas não sabiam o que fazer
para esse sonho realizar.
O Outono então pensou
num plano para poderem se comunicar.
Escreveu com gotas de orvalho,
numa folha seca,
uma mensagem que fez o vento carregar,
até o Inverno encontrar.
E com o frio que fazia,
o Inverno soprou
com toda a força que podia,
a mesma folha até a Primavera encontrar.
A folha flutuou no ar por muitos dias
e num belo jardim florido se deixou ficar.
Um pássaro que por ali voava,
a folha foi juntar,
para o seu ninho com carinho, afofar.
Percebeu a mensagem que a folha trazia
e viu que precisaria encontrar alguém
que a fosse levar.
Como o seu ninho não podia abandonar,
pediu ao beija-flor,
que fosse de flor em flor
a mensagem entregar.
E num belo dia de verão,
as quatro estações se encontraram.
O dia amanheceu com cerração,
depois a neblina se dissipou
e o sol aqueceu tanto,
que derreteu as nuvens.
Elas caíram em gotas
que rolaram pelo chão,
com tanta força
que causaram uma inundação.
O frio chegou de repente
e fez todo mundo vestir um casacão,
para espantar o frio,
fora de estação.
E as quatro estações
comemoraram o encontro,
tomando um belo quentão
ao redor do fogão...


Débora Benvenuti
Postar um comentário