MEU LIVRO - EDITORA CORPOS - PORTUGAL

terça-feira, 20 de abril de 2010




O Amor e o Coração




 


Um Coração que queria muito amar,

percorreu muitos caminhos

até o Amor encontrar.

Não sabia o que sentia

quando viu o Amor se aproximar.

Era um sentimento tão intenso,

que o Coração não soube explicar.

Sensações tão diferentes

que ele chegou a experimentar,

e perto do Amor

ficou sem saber o que pensar.

O Amor percebeu o Coração a pulsar,

tão nitidamente

que até dava para escutar.

Essa sensação que o Coração sentia

o fazia hesitar,

porque tinha muito medo

de pelo Amor se apaixonar.

Sabia que não podia

esse sentimento demonstrar,

porque para esse Amor

o Coração não saberia o que falar

e nem podia com ele sonhar.

Era um sonho proibido,

e isso o Coração não poderia agüentar.

Por mais que quisesse

por esse Amor tudo arriscar,

sabia que algum dia

o Amor iria para nunca mais voltar.

Mas à que sensação maravilhosa

o Coração se entregou.

Sonhou sonhos cor de rosa,

desejou amar o Amor,

mas percebeu cheio de dor,

que não podia a esse sonho se entregar.

Então fechou as janelinhas

para o Amor não notar,

que o Coração envelhecera

de tanto esperar,

por esse Amor chegar.



Débora Benvenuti




Postar um comentário